O site "CAMINHOS E SONHOS" registra uma coletânea de conteúdos diversificados. O autor, "Rodolfo Antonio de Gaspari-Prof.Roangas" mostra dentro do espaço das letras muita sensibilidade poética de um grande sonhador.
Caminhos  E  Sonhos
Pincelamos as letras para que as palavras sejam transformadas na essência da sua criatividade...
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


                            A  LENDA  DE  ROMAK

No período de 250 a 540 milhões de anos atrás, na era "PALEOZÓICA", surgiram nos mares os primeiros animais vertebrados, formado por peixes bem primitivos. Por volta de 350 milhões de anos atrás, os peixes começaram a sair da água, aparecendo os primeiros anfíbios, que passaram a se chamar "TRILOBITAS". Durante as eras geológicas, mais ou menos, 400 anos d.c., houveram múltiplas mutações. Entre as criações vindas do sexto modo, que se firmou, depois dos cinco modos anteriores. Neste período um dos "TRILOBITAS"surgiu ROMAK (que a história mística ou lendária, não narra quem foi o primeiro em criar este nome...). ROMAK numa genética desconhecida, adquiriu a forma de um ser humano, somente com os membros inferirores e com corpo estranho e indefinido. Tornou-se uma figura estranha, assustadora... um misto de uma criatura humana, com corpo incomum, distante da anatomia do Homem. Foi passando o tempo e o povo "místico", ou não, entre os de poder, com visões além dos seus cinco sentidos, diziam ver o tal "ROMAK" nas águas dos mares ou rios. De relatos em relatos... esta figura mítológica ou imaginária foi propagada, do abstrato para o concreto, àqueles que acreditavam na sua existência. Histórias foram se tronando imensas e espalhadas no meio dos povos e depois às suas gerações futuras, passando ROMAK ser uma existência vista pela imaginação das pessoas, mais especificamente entre múltiplos pescadores. Passou a ser batizado e aceito como um ser vivo das águas marítimas e fluviais. Tornou respeitosamente um ser invocado e venerado! Quando chamado, diziam que salvava os NAUFRÁGIOS ou NAUFRAGADOS, porque ROMAK vivia mergulhado na imensidão das águas. Outros mais, diziam que os membros inferirores, desta figura  ficavam sempre à mostra,  pouco acima do curso dos rios e mares, demonstrando como sinal, que era um vigilante que protegia os seres humanos navegantes. Com a chegada e evidência dos grande historiadores, filósofos, lendários e imaginários... muitos dos quais, acreditavam que "o homem poderia virar um DEUS", ROMAK, tão logo tornou-se um SUPREMO, principalmente junto dos místicos e criadores dos contos sobre o próprio ROMAK. Passou a ser considerado no início "ROMAK, o Deus dos Membros sem Corpo". Analisado depois, reconheceram que este Deus tinha um corpo, embora indefinido. Finalmente foi descoberto e avaliado oficialmente, acreditando piamente, que ROMAK salvava naufragados, passando a ser conhecido popularmente como "ROMAK, O PROTETOR DOS NAUFRÁGIOS". (Lenda fictícia criada por Rodolfo Antonio de Gaspari-Roangas)

                                           
                                   1129406.jpg

Conto Ficção
Autor:Rodolfo Antonio de Gaspari -Roangas-
Fonte:Passarela de Contos
Ilustração: ROMAK, o Protetor dos Naufrágios (arte digital)
Autor: Roangas

                           
                1129406.jpg

 
roangas
Enviado por roangas em 21/12/2015
Alterado em 21/12/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Seremos únicos em tudo que criamos... da criatividade vem a inspiração dos sonhos e até das próprias fantasias...



TEXTOS EM DESTAQUE:

Conto:

O Homem das Estrelas

Poesia:

Amizade

Crônica:

Quando se Perde a Energia

Mensagem:

Os Anjos

Carta:

O Belo Existente em Você

Poetrix:

Abraço